Inquérito
São/Ser... Marinheiros da Armada PRT
Por Opção de Carreira
Por gostar dos Navios
Pelo prazer no Mar
Ver Resultados

Rating: 3.7/5 (1508 votos)




ONLINE
1





Partilhe este Site...

OOOooOOO

       

Brandy

Vídeo de Brandy

 

bandeira

 

Clicar na Bandeira

ROTEIRO DIGITAL DA REGIÃO

Portugal Institucioal  

Meu outro Ste 

 

marujo

 

Pelos Princípios de Abril

Ary dos Santos

 

 

iate 7

Navegando

 

caravela

 

COMUNIDADES.NET

CRIAR SITES GRATIS

CRIAR BLOGS GRÁTIS

 

navio guerra

 

Sites Úteis

Portugal

Gov. Portugal 

Portal do Cidadão 

Tempo Pt

Tempo Ca

Sismos Pt

Serras Pt

Marés de Peniche

Tempo Maritimo

Pesca Pt

Praias Pt

Fauna Pt

Oceanário Pt

Répteis em Portugal

Répteis de Portugal

Mundo pt 

aeiou Pt

Sapo Pt

Clix Pt

Wikipédia Pt

Google Pt

Google Ca

Portugal M. .. Fr

La Toile  Ca

Luso Fr

Astronomia

Medicina

Espaço

 

navio guerra

 

Sites Especiais

Ivana

P.Libório

Tasca da Elvira

Joaquim Oliveira

Cebarre

Coisas antigas especiais

 

galeao

 

Biblioteca Virtual Mundial

   

 navio guerra

 

Monsanto-Portugal

 

marinheiro 10

 

 

 

 

 

 

 

 

 golfinho 1

Conversor
Monetário
universal

 

 submarino

Visitas Virtuais

P. Ajuda

M. Alcobaça

P. Queluz

P. Sintra

M. da Batalha

M.dos Gerónimos

 

estrela2

 ÚLTIMA
Actualização
Parcial
13/10/2016

estrela2

AVG Antivírus Free pt

Anti-vírus da Microsoft

Gratuito OpenOffice pt

Kizoa.com

 

caravela 

 

Pré-História... Península Ibérica

 

m 

 

Caldas da Rainha

 

 submarino

 

Lagos-Portugal

 

 traineira

 

Gripe... Como se Proteger

 

 garrafa

Portal do Eleitor

  farol moderno

Viriato

 

boia

Puro Sangue Lusitano

 

bussula

Nostradamus

 

galeao

 

cavalo marinho

 

 galeao

 

Locations of visitors to this page

Agradecido

Pelas Visitas.

Seria gentil e

agradável

deixar Comentário

no Livro de Visitas

 

garrafa

 

 E-mail 

 

G ¡£ ö ¢ ä

 

traineira

 

marinheiro 10

 

 

 

 

 

 

 

 

golfinho 1

 

associações

 

marinheiro 10

 

 

 

 

 

 

 

BRIOSA

Marinha Portuguesa

Na Rota da Sagres

N.M.A. da Lousã 

Filhos da Escola 3/61 

Meio Seculo

Filhos da Escola 64

Companhia2 FZ

ValedeZebro

Giloca

Cordeiro2

Creoula

Lista de Navios

Marinha/Wikipedia

Fuzileiros P/Sempre

Fuzileiro/Mergulhador

Boina dos Fuzileiros

Fuzileiros Força de Elite

  

golfinho 1

 

 

PPS Amor

Perigos na Net

Pessoas na Net

 

  barco de guerra

 

barco de guerra

 

Os comentários são da

exclusiva responsabilidade

dos seus autores. Eliminarei

os comentários injuriosos

detectados ou que me

sejam comunicados.

G ¡£ ö ¢ ä

Dr

Com Saúde?

Art 

Artiste Peintre

Denise Faucher

 Blog de uma amiga com um excelente trabalho.

 Blog da Princesa

Blog do Giloca/Virgílio Cordeiro

Blog do Virgilio Cordeiro

 

 http://virgiliopscordeiro2.no.comunidades.net

Minha 2ª Página Pessoal 

 

Gil

Meu Link... Se acharem

que sou merecedor!

 

 bandeira pt

Portugal Vale a Pena

Clicar na Bandeira PRT

 

Artur Agostinho

Sou do Sporting

«E sou um gajo porreiro»

Última Revisão
Provisória
em: 17/10/2016

golfinho

PPS... Lindos

Mundo Subaquático

Mar de GalizaRoberto

rotagenda

Alertas de mau tempo atuais para Portugal

 

OOOooOOO

Lindas Músicas

Experimentem ouvir com SOM
BEM ALTO... exceptional!

Clicar em cima dos nomes

Carmen Silva

Pierre Bachelet

Roberto Carlos - Vivo por Ela

Roberto Carlos e
Fáfá de Belém... Se Voçê Quer

Alcione e Roberto Carlos

Estranha Loucura e...

Paula Fernandes... Eu Sem Você

Roberto Carlos-Esse Cara Sou Eu

Adelaide Ferreira... Alma Vazia

Roberto Carlos... Detalhes

Cuca Roseta... Triste Sina

Roberto Carlos... As Baleias

Roberto Carlos... Meu Querido

Celine Dion... The Power To Love

OOOooOOO

Eduardo Costa...

Elton John

Phil Collins

Paula Fernandes

Leonardo

Paula Fernandes, Victor e Leo

Celine Dion

Adriano Correia de Oliveira

José Mário Branco

Nikita

Alain Morisod e Sweet People

Enya

Alain Morisod

Alain Morisod

Zéca Afonso

Zéca Afonso

Zéca Afonso

Alain Morisod

Dead Combo

Michael Bolton

Evangelis

 

 

 

 

 

 



 


Giloca...



EM REMODELAÇÃO COMPLETA...

A Página demora um pouco a carregar

Tenham calma, a espera vale a pena!


ooo00ooo


 


Virgílio Virgílio


 


Zé Povinho


Ao clicar na imagem aparece um vídeo interessante sobre Portugal, mas logo a seguir outro, que a meu ver é muito melhor para quem desconhece as verdadeiras riquezas do meu País




Tempestade no Mar


A Garota que calou o Mundo...
Clicar no link


 



Pedro Barroso... Dá-me uma gota de ti


Pedro Barroso...


PORTUGAL


Clicar em Portugal... vídeo muito bom!


 



Língua Portuguesa... e sua origem


 


"Abril abriu-te a alma ao canto da rola brava."


de: Fred Craveiro


 


-------///-------


 


P. F. deixem um comentário... são eles que me dão o PRAZER de continuar a Editar esta Página. Ela também foi criada com o intuito de vos satisfazer da melhor maneira que sei e posso... Agradecido!


 


Coração animado


Para vós, que me visitais.....


O Verdadeiro e Bom Portugal 


Clicar no link


 


 A Mulher


 Ofereço esta Imagem a todas as mulheres e homens que me visitam...


"A Mulher"... Um dos Seres vivos mais perfeitos sobre a Terra.


V


rosa animada


Para todos os que me visitam...


Minha Cidade Natal


 



Trem da Vida....



Digno de ser visto... nossos Aparelhos e Tripulantes da TAP
Aterrar de emergência num aeroporto do Canadá.


O que foi feito para salvar um passageiro que sofreu um ACV a bordo de um dos nossos aviôes em viagem de Lisboa para Nova Iorque.


 


Rosa


 


 


 Portugal... A beleza da simplicidade


Agradecido desde já... pela visita!


----///----


Meu Deus


Dá-me a serenidade


 De aceitar


As coisas que eu não posso mudar


A coragem


Para mudar as coisas que posso,


E a sabedoria


 De conhecer a diferença.


 


Bandeira PT


Portugal e seus "zeros  políticos"… na sua vergonhosa TAREFA!
Clicar


Seu conteúdo… dá que pensar! Diria mesmo, matéria a reflexão!……
Clicar


Certos Portugueses sem escrúpulos, párias desta mesma Sociedade, não são mais que "vermes" desprezíveis nela integrados... merecem "sem dó nem piedade" um trabalho prisional na limpeza das nossas florestas e não só, sem renumeração e a troco de pão e água. Sabendo que "certos" temem a vergonha... identificados nas costas e pelo crime que cometeram... que tal limparem o chão por onde passam os cidadãos honestos.


Visite quase todos os Países do Mundo...
Clicar
 


leme


Caso não consigam visionar o PPS clicando nele, devem fazer o seguinte:
Descarregando aquele que vos interessa e depois abrir no vosso computador


 O QUE UNS TÊM A MAIS... TÊM OUTROS A MENOS!
Clicar


********
 
"Nós aprendemos a voar como os pássaros, a nadar como os peixes,
mas ainda não aprendemos
a conviver como irmãos."
  
 
******** 
 
LINDO
 
Portugal mostrado pela TVE Espanhola from Luis Oliveira on Vimeo.
Clicar
 
FASCINANTE
clicar
 
  
Dez Razões para Visitar Portugal
Dulce Pontes.... Lágrima
 
leme
 

 Atenção aos Direitos de Autor em alguns conteúdos no Site


Simplesmente Profundo......... Escutar com atenção.
O Menestrel - William Shakespeare



O Menestrel - William Shakespeare


leme


Alguns" dos "artigos" procurados na Net foram inseridos neste Site... por essa razão : 


 Se alguém se sentir lesado com "algum artigo"... Textos, fotos, imagens, clips, musica, vídeos ou outros aqui inseridos. Basta enviar um é-mail, para  o/os (artigos) serem retirados imediatamente. Assim sendo, peço desculpas pelo incómodo:
Agradecido
VC


leme


 


Reflexão


 


oooooooo////oooooooo


 


Nome : Virgilio 


Natural de : Uma bonita cidade do Oeste


 País : Portugal


Nascido em : Abril


Situação : Viúvo


Profissão : Pintor Decorador


Estudos completos : Admissão ao liceu e....


Estudos incompletos : Curso Industrial


Diploma : Mergulhador Autónomo


OUTROS CURSOS E CERTIFICADOS


- Artilharia (especialidade na Armada)


- Curso de Marinheiro


- Curso de Patrão de Costa


- Curso de Patrão Motor


- Curso de Segurança Industrial e Privada


- Curso de 1° Secorros e intervenção cardíaca


- Curso de Prevenção de Incêndios


- Maniamento de Armas


- Perseguições diversas


- Self Defesa.


- Curso de Medidor Orçamentista


PASSATEMPOS


- Leitura


- Cinema


- Pintura


- Música


- Mar


- Pesca submarina


- Pesca costeira à cana e de barco


- Passear à beira mar


- Campo


- Noite


- Conversar com amigos


- Adoro a "Bica"


1)


Demorei tempo a me decidir por uma página web, mas cheguei à conclusão que: para o que tenciono fazêr, será a melhor opção a tomar.


- Porque penso... que o percurso da minha vida é interessante.


- A minha infância foi um pesadelo, vêr mesmo um martírio.


- Na minha adolescência... alguns erros.


- Em tanto que marido... difícil para minha esposa, causa (política).


- O ser pai : sempre ou quase um prazer... depois algumas ???????.


- A minha vida profissional : um total prazer e orgulho... com alguns precalços pelo caminho.


A seguir, escrevi uma obra literária... a minha "autobiografia" ainda não editada...


( Estou na fase de vêr se encontro alguém que seja capaz e o queira fazer. )


Tem o título : GILOCA... "A Vida de um Catraio"


Criado e educado por minha avó materna por "motivos diversos", como todos aqueles que são criados pelos avós... já que os pais "não poderam ou não quiseram" saber do fruto - descuido - ou abuso de seus amores.


Também aquela por quem me apaixonei muito novo e perdi para sempre, após me ter sido "roubada por algo", em que a aceitação por vezes vai até aos limites do desespero.


 É SEM DÚVIDA ALGUMA UMA HOMENAGEM A ALGUMAS MULHERES DO MUNDO, SOBRETUDO ÀS AVÓS QUE : MUITAS VEZES CRIAM E EDUCAM OS FILHOS DOS FILHOS SEM NADA PEDIR EM TROCA, SEM UM ÚNICO QUEIXUME.


 



Avó Maria


Nota: É um trabalho colossal, sem nehuma retribuição e muitas vezes, com pouca gratidão de quem tem a obrigação de o fazer.



Eu e minha esposa


Diaporama: "Aurora... Despertar da Vida"


Meu Deus... como  o tempo corre:


Faz hoje 21 anos (18/12/1991) que partistes M. P. M. C..... mas estás sempre nos nossos corações até à Eternidade.


 


bouquet


Velas e Flores... em memória dos saudosos "entes" que me foram muito queridos.


 



Homenagem àquela bela moça e grande mulher... por quem me apaixonei com apenas 16 anos!....


estrela


Texto e Video... que julgo adequado para mais uma vez elogiar os trabalhos e vidas de certas Mulheres que foram e sabem ser Mulheres – Senhoras – Mães e Avós.


 estrela


Ser Mulher


Ser mulher é viver mil vezes em apenas uma vida, é lutar por causas perdidas e sempre sair vencedora, é estar antes do ontem e depois do amanhã, é desconhecer a palavra recompensa apesar dos seus actos.


Ser mulher é caminhar na dúvida cheia de certezas, é correr atrás das nuvens num dia de sol e alcançar o sol num dia de chuva.


Ser mulher é chorar de alegria e muitas vezes sorrir com tristeza, é cancelar sonhos em prol de terceiros, é acreditar quando ninguém mais acredita, é esperar quando ninguém mais espera.


Ser mulher é identificar um sorriso triste e uma lágrima falsa, é ser enganada e sempre dar mais uma chance, é cair no fundo do poço e emergir sem ajuda.


Ser mulher é estar em mil lugares de uma só vez, é fazer mil papéis ao mesmo tempo, é ser forte e fingir que é frágil para ter um carinho.


Ser mulher é se perder em palavras e depois perceber que se encontrou nelas, é distribuir emoções que nem sempre são captadas.


Ser mulher é comprar, emprestar, alugar, vender sentimentos, mas jamais dever, é construir castelos na areia, vê-los desmoronados pelas águas e ainda assim amá-las.


Ser mulher é saber dar o perdão, é tentar recuperar o irrecuperável, é entender o que ninguém mais conseguiu desvendar.


Ser mulher é estender a mão a quem ainda não pediu, é doar o que ainda não foi solicitado.


Ser mulher é não ter vergonha de chorar por amor, é saber a hora certa do fim, é esperar sempre por um recomeço.


Ser mulher é ter a arrogância de viver apesar dos dissabores, das desilusões, das traições e das decepções.


Ser mulher é ser mãe dos seus filhos e dos filhos dos outros e amá-los igualmente.


Ser mulher é ter confiança no amanhã e aceitação pelo ontem, é desbravar caminhos difíceis em instantes inoportunos e fincar a bandeira da conquista.


Ser mulher é entender as fases da lua por ter suas próprias fases. É ser "nova" quando o coração está a espera do amor, ser "crescente" quando o coração está se enchendo de amor, ser "cheia" quando ele já está transbordando de tanto amor e "minguante" quando esse amor vai embora.


Ser mulher é hospedar dentro de si o sentimento de perdão, é voltar no tempo todos os dias e viver por poucos instantes coisas que nunca ficaram esquecidas.


Ser mulher é cicatrizar feridas de outros e inúmeras vezes deixar as suas próprias feridas sangrando.


Ser mulher é ser princesa aos 20, rainha aos 30, imperatriz aos 40 e especial a vida toda.


Ser mulher é conseguir encontrar uma flor no deserto, água na seca e labaredas no mar.


Ser mulher é chorar calada as dores do mundo e em apenas um segundo já estar sorrindo.


Ser mulher é subir degraus e se os tiver que descer não precisar de ajuda, é tropeçar, cair e voltar a andar.


Ser mulher é saber ser super-homem quando o sol nasce e virar cinderela quando a noite chega.


Ser mulher é acima de tudo um estado de espírito, é ter dentro de si um tesouro escondido e ainda assim dividi-lo com o mundo.


Autor desconhecido.


 estrela


Tomar nota que:
Tudo o que aqui escrevo (Autobiografia) é o fruto (de tudo) ao longo da minha vida... certas passagens foram escritas na altura (muitos anos) e transferidas para estas páginas muitas vezes ao (presente) dando a impressão que foram escritas no momento.
Outras, escrevo ao (passado) como se me tivesse esquecido de algo e voltado atrás, mas na verdade certos (feitos vividos) não poderiam ter sido escritos na altura... tornar-se-íam provas contra mim no Governo de então. Não é minha intenção, nem nunca foi (dito ou feito) com intenção de prejudicar terceiros, mas sim dizer certas verdades que ainda hoje estão na história e são mentiras, mesmo fazendo conhecer seus autores e seus conteúdos, ninguém as desmente...............
Assim sendo e não havendo contestações, tudo fica no esquecimento. Como podem dormir descansados e em paz consigo próprios, todos aqueles que de uma maneira ou de outra causaram/causam danos imensos a terceiros? Certos Senhors/as não passam de "Párias" que enchem todas as Sociedades do Mundo.


 


estrela


2)
- Esta obra é uma crítica a mim mesmo, a tudo e a todos... sobretudo à Sociedade em que vivêmos. É uma chamada de atenção aos responsáveis... às crises de consciência e não só, iguais a muitas outras. Certos abusos de poder sem represálias de lado nenhum. Corrupção até às mais altas camadas da nossa Sociedade.  


- Os Doutores que nos saiem caros e não nos sabem Governar.


- Os Professores que não podem educar, porque... o Ministério da Educação e não só, é um caos total (salve-se quem puder), o ensino estagnou no tempo.


- Os "governados", ovelhas tresmalhadas e caladas pelos futebóis, télénouvelas, avés marias... porque os "mandachuvas" só querem : fama, riqueza, poder, putas, putos e vinho verde. AO QUE CHEGÁMOS !...


- Pouco ou nada se aprendeu e avançou... se acaso digo mal, então onde está o avanço, mudança, esperança que tantos Portuguêses tiveram com o 25 de Abril de 1974. Muitos viveram sacrifícios, lutas, desesperos, sofrimentos, etc... sem resultados? Nada na vida foi em vão, demos aos nossos filhos um País em Liberdade e eles saberão cuidar dela, porque se assim não for... o Fascismo espreita sempre e..............


3)
- Voltar ao "passado" não interessa a ninguém e a minha obra serve também para lembrar os que tiverem esquecidos ou se sentirem tresmalhados. Não foi escrita só para isso, ela é também uma homenagem à avó que me criou e educou... à minha querida esposa que teve a paciência e o mérito de aturar as minhas "andanças"... e a todos aqueles que de uma maneira ou outra, me ajudaram a dar os bons passos, sempre em frente.Também a todos aqueles que um dia leiam a minha obra e que se sintam dentro de alguns parâmetros nela narrados... não se deixem cair na desgraça, nem no abandono do vosso Ser... atrás de tempos, tempos virão. A vida é feita de muitos maus momentos para uns, com alguns bons pela frente, de vêz em quando. Esses bons momentos devem-nos dar a força de continuar. Os "outros", não acreditem que eles têm sempre bons momentos, porque quanto mais ricos, ou melhor na vida, maiores são os problemas e eu não queria estar na pele de muitos deles... Segundo diz o ditado (maior é a queda, quando de muito alto se cai .) Até ver, é na terra que se têm momentos de felicidade e que pagamos os nossos erros também.


- Uma infância muito dificil, uma adolescencia que me poderia ter levado ao crime, uma vida de adulto semeada de peripécias. Desde acusações mal honestas, diversas deserções, prisão militar, fugas, contactos com toda a espécie de gente, roubando para comêr, pancadaria, passagem ilegal de froteiras, militante político, revolucionário, delegado congressista, diplomado disto, certificado daquilo, outros cursos, chefe de empresa, reabilitado, amnistiado, agraciado, comerciante e por fim livre, mas ainda no sistema.


Quero deixar aqui dois poemas :


1 - Dedicado a minha esposa, quando do seu falecimento.


 



 


"AURORA", DESPERTAR DA VIDA


Mãe !
Mãe querida
Sei que te fostes embora e aceito
No mais fundo do meu Ser, eu quero...
Quero guardar aquilo que fostes e ainda és.
Fostes o Ser do meu Ser e soubestes ser
Fostes a mãe que sempre sonhei
O sonho que quero ser
A minha amiga confidente que soube escutar
A conselheira do caminho a tomar
Fostes feliz à tua maneira nesta vida...
"A vida que Deus te deu"
"Ele" chamou-te e tu correstes.
Fizestes bem, querida mãe
A tua obra continua...
Os quatro pedacinhos do teu Ser, estão contigo
Sabes!... Vai cair a noite, é tempo de dormir
Levo-te no pensamento
Amo-te do coração
Cedinho acordo
Acordo com a convicção...
Que esta Aurora é o despertar da vida
Mãe... Mãe querida.


Autor : Virgílio Cordeiro
Fonte : "Giloca"... A Vida de um Catraio           


Tem Direitos de Autor


 


---//---


 


 2-Aquilo que senti durante muitos anos e que a seguir exponho.


"Dor"


O meu peito doía
e nem sabia que meu pequeno coração chorava
Chorava a minha amargura
e aquela que fazia sentir aos outros
A incompreensão pelos "grandes"
Não saberem fazer seus deveres
Olhava os cães, os gatos, os passarinhos e as árvores
Quería-me sentir como eles,"livres"
Livre das penas, queixas, dós
Das "misericórdias" dos outros
Dos "coitadinhos" em qualquer lado


Autor : Virgílio Cordeiro
Fonte : Giloca... "A vida de um Catraio"
            


Tem Direitos de Autor 


---//---


 CITAÇÕES


 


Autor: La Bruyère, Jean de Fonte: "Os Carácteres"


" No início, os filhos amam os pais. Depois de um certo tempo, passam a julgá-los. Raramente ou quase nunca os perdoam "


 


---//---


 


"ALGUMAS PASSAGENS DA MINHA AUTOBIOGRAFIA"


 


Pobres humanos, sejam quais forem as raças, nações, cores e religiões, ao que se aventuram. Todos os esforços que se fazem à procura do bem-estar, fugindo da miséria, obrigando-nos muitas das vezes a fugir à realidade à custa de tantos sacrifícios, procurando em outros lugares aquilo que poderíamos ter no nosso País e na nossa casa, junto daqueles que nos são queridos. Para se ter um pouco de pão, liberdade, bem-estar, etc. aquilo que somos obrigados a aceitar fora. Certos de nós, espezinhados moral e físicamente, etc... nos marcaram e marcam para todo o sempre.


A corrupção, mentira, abuso, roubo, etc. é preciso acabar com eles. As pessoas estão caladas pelo medo e se calam ainda mais porque não existe confiança em ninguém. Outros que estavam e estão calados, contribuem para o nosso mal-estar, injustiças, pobreza, miséria e abusos de toda a forma. E "outros" ainda há custa destas criaturas vão fazendo riquezas que de sério nada têm. É certo que os lucros levam as pessoas a cometer disparates e a ir mais longe, mas há Leis que são para se cumprir... se há Leis Decretadas e não se cumprem, então qualquer coisa está errada e nisso a Justiça é culpada... se o dito Ministério nada pode ou não quer fazer, é porque o Governo tem culpas e se o Governo nada consegue ou não quer fazer ainda, então seus membros não prestam porque não têm capacidade para, ou não sabem Governar.


Como é hábito em Portugal desculpam-se uns aos outros (Responsáveis e Partidos), tratam-se de incapazes e que outros fazem melhor... nós estamos fartos, deixem-se de desculpas e vamos ao trabalho, sério, honesto, capaz, com profissionalismo, integridade, ética... ao fim de contas são vocês os Doutores... façam-nos ver que sabem e querem trabalhar. Ou estão aí para enganar, ganhar fama, enriquecer? Primeiro querem a supremacia financeira, seguindo-se-lhe a supremacia política ou vice-versa... uma ou outra vão dar ao mesmo. Como chegam a essas supremacias?


Muitos deles deixam rasto atrás, mas os compadrios e outros arramjam-se para que se safem sempre. Quando são descobertos esses coitadinhos... ninguém acredita, ou não há provas, ou há então tanta rascalha metida pelo meio que, quanto mais se mexe na "caca", mais mal cheira. Má vontade de levar os bandidos, ladrões e vigaristas, abusadores de crianças e outros à Justiça e daí a uma condenação por crimes disto ou daquilo. Os tribunais estavam e estão numa miséria, corrupção, falta de pessoal devidamente preparado, educado e consciente do papel que têm a desempenhar. Os Processos estão sem ordenação, em que os mesmos desaparecem pura e simplesmente, ou são metidos de cima para baixo, conforme e por vezes os gostos ou "notas" que vão caindo para uns... para outros, os funcionários doentes ou incapazes, não são substituídos.


Os Juízes e Promotores de Justiça quando querem fazer o trabalho como deve ser, são automáticamente transferidos ou destituídos do lugar em que se encontram, por outros de melhor conveniência.


A Polícia ou outro corpo policial, mesmo que faça seu trabalho com abnegação e zêlo, são deixados desacreditados e de mãos atadas, muitas das vezes por essa mesma Justiça colocar na rua ou "soltar" os deliquentes. Devem ter a impressão que o trabalho que fazem não tem proveito nenhum... deixando-os incrédulos e sem vontade de continuar.
Já não falando daqueles que são os tais corruptos e mal-educados que o brio profissional não conhecem e que se tornam pela mesma ocasião tâo deliquentes ou mais, que aqueles que metem dentro. É em relação a estes que vou dizer o que penso :


Toda a gente pode ser incriminada, injustamente julgada.


Os polícias por vezes "inventam" provas, mentem. Eles prendem, batem, incriminam, inculpam, por vezes assassinam. Eles foram formados para proteger e servir o sistema e não os indivíduos. Quem pode confirmar isso, é quem sofreu injustamente de acusação, inculpação, julgamento, e condenação.


Como se pode ter confiança em certas gentes que aplicam a Lei e a Justiça, que à partida devem ser e considero "íntegros", "idóneos"... e alguns falham ?


Alguns polícias que "escondem" ou "fabricam" por vezes as "provas", que obrigam a dizer o que querem que seja dito... Alguns Advogados e Juízes que "favorecem" as "condenações" , ou têm "tendencias" para não se chatearem muito e logo o fazem porque "elas" levam à "fama" e ao "sucesso"... Nunca se viu ? Estarei enganado?
Tudo isto me dá a impressão que é uma reciclagem mons.............


Por vezes :


Há "outros" que na Sociedade em questão "vestem smoking" e o mais engraçado é que são os tais "oportunistas", os corruptivos e corruptos que na labuta pelo bem-estar material não olham a meios para o alcançar.


Então aí sim, se olharmos bem vemos de tudo um pouco. " Presidentes fantoches, Ministros de meia-tijela, Generais de ostentação, Médicos, Engenheiros e Advogados de salão, Arquitectos topeiras, Gerentes de Sociedades, Chefes e meios-chefes... pobres de espírito".


Tudo e todas as classes sociais têm culpas no cartório, mas :
Claro que eliminando todas esta rascalha imprópria para consumo, ainda há os bons, porque temos que acreditar que ainda os há. Mas aquela maioria silenciosa que se deita e acorda sempre a pensar no mesmo... a "fama e o lucro"... os meios com que se obtém não interessa desde que não haja à partida grandes perigos, não se importando com as vítimas ficadas para trás... vêm-se logo a avançar, a meta final é sempre a mesma. Esses sim, merecem um bilhete à Portuguesa, « o só de IDA e pelo lado do..................................................


«Toda a sociedade que pretende assegurar a liberdade aos homens deve começar por garantir-lhes a existência»


Autor: Blun, Léon


Como é que se consegue viver no futuro se não aprendêmos com os erros passados, que se continuam a cometer ( que os deixam cometer), que não se castiga ninguém ( porque se protegem), que se mudam as pessoas, organizações, doutrinas ou ideologias, (mas que a imundice é sempre a mesma).


Mudam-se os partidos políticos, ficam as mesmas mentalidades, pelo menos é isso que se costuma dizer e com razão.Quando se lê, ou se sabe por informações públicas diversas, que a fortuna de mais ou menos 358 pessoas (as mais ricas em dólares) é superior ao rendimento anual de 45% dos habitantes mais pobres (ou seja 2,6 mil milhões de pessoas), algo está mal ! Como é isto possível ? É esta "disparidade" que me deixa preplexo, confuso, com raiva mesmo da "Sociedade" em que vivemos e suas consequencias... se não se fizer atenção, caminhamos para uma "desintegração" total da humanidade... portanto, (todos aqueles que compôem a dita Sociedade, todos nós). Ela transforma-se... não é na maioria das vezes escolhida pela totalidade dos que a compôem... Mas sim por uma pequena maioria dos que se sentem implicados, responsáveis, mas não sérios nem íntegros... e estes metendo em "lugares chaves" do Governo, indivíduos, organismos, ideologias políticas ou religiosas, com membros mais ou menos corruptos, estão a colaborar para essa mesma decadencia, porque não há procedimento disciplinar, civil, penal ou outro para com os "faltosos" os malandros de casaca bem bonita "mas que cheira mal" da nossa sociedade. Eles protegem-se e irão continuar a se proteger por muito tempo como é hábito, enquanto os membros desta mesma Sociedade continuarem a ficar aberradamente fora do contexto "como a maioria Portuguesa", quero dizer : nada fazer para que essa Sociedade mude ou seja mudada... em prol da grande maioria, do bem de todos nós.......


G¡£ö¢ä 

Em Construção



MAS AFINAL.... QUEM SOU EU ?


 


Virgílio


Nascido em 1944.


Natural de uma linda cidade do Oeste... Caldas da Rainha


Único filho (pela parte do pai) de um casal destroçado pelo divórcio logo a seguir a minha nascença.


Criado e educado por uma Avó extraordinária, que fez o que lhe foi possível com a magra Pensão da CP.


Fiz a minha Admissão ao Liceu com 10 anitos.


Frequentei o Curso Industrial "5 Ano" de noite não o finalizando.


Comecei a trabalhar com a idade de 7 anos... fazendo recados, dando serventia a pedreiros, pintores de automóveis, mecânicos.


Aos 15 anos fui para Lisboa e entrei como aprendiz mecânico na ROVER.


Com 15 e meio (quase 16) Alistei-me como Voluntário na Armada.


Apenas com 16 comecei a namorar a sério a maravilhosa moça que foi minha esposa.


Aos 20 fui pai e as 25 já tinha 4 filhos (dois rapazes e duas raparigas.)


Com 22 anos fugi para a França clandestino "longa história de política e tropa".


Tinha 23 anos quando entrei para a Política a sério ASP, depois (PS) do qual sou um Fundador dos 27, sou um dos "7 votos contra" com nome falso e na clandestinidade, longa "história" também.


Delegado Congressista a este Congresso na clandestinidade pelo Núcleo da ASP de Paris.


Fui o Fundador e um dos Responsáveis pelo Núcleo ASP de Osny-Pontoise.


Após o 25 Abril de 1974 entrei em Portugal no princípio do mês de Maio, apresentando-me às autoridades Militares da Marinha e logo requisitado à mesma pelo MFA até fins de Junho de 74. Levei Baixa do Serviço Activo e passei à Reserva da Marinha, seguindo para França onde tinha a minha residência e exercia a minha profissão de Pintor Decorador.


Depois do 25 Abril de 1974 pertenci a diversas mesas como militante do PS em trabalhos políticos que requeriam elementos políticos dos três Partidos, a saber: PS, PC, MDP-CDE, como por exemplo no Consulado Português de Nogent S/Marne, etc


Depois Delegado do P.S. pela Emigração do Núcleo de Paris ao 1o Congresso do P.S. em Lisboa 1974, como podem ver na imagem a seguir.


Imagem/Foto dos Delegados pela Imigração (França) ao 1 Congresso do PS em Outubro de 1974... à chegada ao Aeroporto da Portela. Foto da Net... J/Noticias?


Delegados Portuguerses Congressistas do PS pela "Olhando de frente sou o primeiro à direita"


Pertenci aos que fizeram "Cisão" no PS com Manuel Serra (meu familiar e amigo) e Fundada a FSP fui um dos responsáveis da mesma em França.


Após a extinção (nunca houve oficialmente) da referida FSP deixei a Política em 1975, dedicando-me de vez à minha pequena família que deixara de ver de vez em quando.


Saí da França definitivamente em fins de 1979 regressando a Portugal.


Criei uma pequena Empresa de Decorações com loja aberta de onde consegui sobreviver durante quase 11 anos.


A recessão chegou e com muitos sacrifícios consegui aguentar mais uns anitos e para não ir há falência emigrei com minha esposa e duas filhas para o Canadá onde me encontro ainda hoje.


O resto podem descobrir no Site que criei.


Agradecido pela leitura


Virgilio


Pequena introdução:


Hoje, sinto-me Honrado por ter dado a minha contribuição às Forças Revolucionárias, Políticas e Militares na instauração da Liberdade e Democracia em Portugal.


Bem hajam... a todos aqueles que o fizeram e também aqueles que o queriam fazer e não lhes foi possível.


Tirando-lhe o fascismo e todas as más recordações e sofrimentos dos Portugueses, cada qual nas suas épocas, mas (esta, a minha época) sobretudo na música e outras :
Hahahahahah, como foi boa!....


Também mais esta informação:


O Livro


Giloca... A Vida de um Catraio


Autobiografia


Ainda não foi editado, estou a espera de ver se arranjo um Editor que o queira fazer.


Também porque esperei alguns anos... Contém muitas acusações a Pessoas e Instituições, maneiras de pensar e agir.


OOOooOOO


  barra


 Meus PPS


estrela


 


  


Bem, Gostaria de dizer algo sobre estes PPS.


Nada se faz sem esforço.... penso que sem conhecer a informática consegui fazer algo para deixar a meus filhos/filhas, netos e netas.


Algumas pessoas... Tantas misérias que se têm na vida para criar os filhos, educá-los da melhor maneira que se sabe e se pode.


Tudo ou quase está na Mente dos responsáveis.


Tudo ou quase está também na Vontade de meter mãos à obra.


Sem deixar de falar do tão doloroso Sacrifício que muitos pais passam, sem nunca deixar vir ao de cima um... queixume... apenas lágrimas de nada poder fazer mais!


Quem faz os filhos, são dois Seres que já foram filhos também.  Muitos deles não estando preparados para isso fazem asneiras... assim como parte de toda a gente.


O problema não está nisso, mas sim na... Responsabilidade e Vontade mútua de chegar sempre a um consenso dos dois e ambos chegarem ao fim da meta, deixá-los pelo menos no caminho de serem por sua vez os Homens/Mulheres e Pais do amanhã.


Sendo eu um filho único do mesmo pai e por ele abandonado... sou também meio irmão de seis excelentes raparigas, cada qual à sua maneira na vida, não deixam de ser minhas irmãs.


Criado por uma avó materna que foi uma sacrificada para me dar a comida, vestir e calçar, assim como a educação naqueles momentos difíceis, apenas com a sua magra Reforma da então C.P. (Caminhos de Ferro Portugueses).


Essa vida fez de mim um garoto não amado paternalmente, mas já com um elevado sentido de responsabilidade para com os filhos. Dizendo-me muitas das vezes que meus filhos nunca seríam abandonados. Mais tarde com minha esposa resolvemos justamente jurar um ao outro que o faríamos até à maior idade deles do melhor que soubessemos e podessemos.


Mas os pais não são donos desses mesmos filhos, embora responsáveis por eles até à maior idade pelo menos. Mais tarde eles farão as escolhas das vidas deles e muitas vezes escolhem mal, mas nada podemos fazer se não aconselhá-los, mostrar-lhes o bom caminho, ou aquele que penssamos seja o melhor.


Eles tiveram exemplos de muita coisa na vida durante essa adolescência, uns aprenderam, outros não. Hoje adultos e pais de certo farão pelo melhor. Nós estamos na rectaguarda, apenas vendo e sentindo e ao mínimo alerta que possamos fazer, por vezes existem revoltas inadequadas da parte deles que nos fazem mal... a partir daí sentímo-nos estranhos na vida deles.... afastando-nos a cada dia um pouco mais... mas a dor continua cada vez maior.


Então para que tudo não fique perdido no tempo, certas pessoas como eu, não deixam ditos, mas escritos do que nos vai na alma, no peito, no coração muitas vezes desfeito. Porque vimos e sentimos que por muito que se diga, por muito que sofram, nunca aprendem e continuam a fazer os mesmo erros, as mesmas escolhas de vida, as mesmas responsabilidades não medidas, os sacrifícios que se tornam vãos, a vontade que já é pouca, e  por fim os sacrifícios que a nada levam, se não a fazerem dos filhos outros iguais a eles. Por fim arrepender-se-ão, mas já se tornará tarde, porque pouco ou nada poderão fazer.


Não tendo feito muito, penso que fiz o que pude e disso estou orgulhoso hoje... de ter os filhos que tenho, porque além de tudo não são assim tão maus como isso.


Bem-hajam!


Passem o rato por cima para ver quais os pps operacionais!


Poema "Aurora... Despertar da Vida" 


estrela


Meus Pais e eu 


estrela


Virgilio Cordeiro e Familia


estrela


A quem me marcou mais.


estrela


Virgilio Cordeiro e a Armada 


estrela


Telas de Virgilio Cordeiro


estrela


 Filhos, Filhas, Netos e Netas


estrela


Aos pequenos que hão-de ser grandes


estrela


Album de Paula Gonçalves


estrela


 Animais Estimação


estrela


Minhas... seis Irmãs


estrela


Fotos de Paisagens e Pessoas... Pessoais


estrela


Em memória da Lurdes


estrela


Fotos tiradas no Quebéc - Canada


estrela


Diapo Brandy


estrela


Poema à Mãe... Piedade M. Cordeiro


estrela


Diapo para Lurdes


 estrela


L´Aube pour Raymond et Alice Marquier


estrela


 Poemas de Virgilio Cordeiro 01


estrela


Poemas de Virgilio Cordeiro 02


estrela


Quadras a uma Rainha


estrela


A. Agostinho


estrela


A. Roy Roberge


estrela


Literatura de A. Agostinho


estrela


Tulipa Rosa


estrela


Paz e Silencio


estrela


Família Cordeiro


estrela


Olhar teu Rosto


estrela


Ilídio e Lurdes


estrela


Cortesias Amargas


estrela


Aurora


estrela


Sonho de Idoso


estrela


estrela


estrela


 estrela


Não se esqueçam de fazer uma visita ao : LIVRO DE VISITAS


 


livro de visitas


 


Importante: Se algum de vocês for proprietário de alguns destes imagens, fotos, artigos, textos, etc. e não queira que sejam publicados neste site, fico agradecido que mo digam... retirarei imediatamente


 


 OOOooOOO


Autobiografia / Esclarecimento


 


 


Citações de José Saramago


Autobiografia



Lastimo imenso... mas retirei todas as páginas da Autobiografia, a saber:
Giloca... "A Vida de um Catraio"
A razão é simples:
Qualquer Tradução da mesma originava "erros de leitura e interpretação no texto".
Queiram-me desculpar.



Giloca


estrela


virgilio


 


bussola


 


Esta obra é dedicada a minha esposa e avó materna, (estes dois excelentes e excepcionais Seres Humanos que ... "entre outros", foram e representaram tudo para mim).


Criado e educado por minha avó materna, por diversos "motivos", com todos aqueles que são criados pelos avós ... Já que os pais  "não puderam ou não quiseram" saber do fruto - descuido - ou abuso de seus amores.


Também aquela por quem me apaixonei muito novo e perdi para sempre, após me ter sido "roubada por algo" (com uma sensação em que) a aceitação, por vezes, vai até aos limite do desespero.


estrela
SEM DÚVIDA ALGUMA, UMA HOMENAGEM A TODAS AS MULHERES DO MUNDO ... SOBRETUDO ÀS AVÓS QUE: MUITAS VEZES EDUCAM E CRIAM OS FILHOS DOS FILHOS, SEM NADA PEDIR EM TROCA ... SEM UM ÚNICO QUEIXUME.


barra


 


Não se esqueçam de fazer uma visita ao : LIVRO DE VISITAS


 


livro de visitas


 


Importante: Se algum de vocês for proprietário de alguns destes imagens, fotos, artigos, textos, etc. e não queira que sejam publicados neste site, fico agradecido que mo digam... retirarei imediatamente


 


estrela


  G¡£ ö ¢ ä


 Meus poemas, citações, quadras, etc...


ooooOOOooo


Poema e Quadras


« Rosa Vermelha2 » 


Esta rosa vermelha de paixão é sinal


Sempre é bom para quem não desespera


Da parte de quem ama afinal


Para quem ainda amor espera.


Autor : Virgilio Cordeiro       Fonte : Giloca... « A Vida de um Catraio »


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo
Quadras


« Rosa Branca »


1


Para ti pureza de rosa branca


Nunca é tarde para amar


Procura em ti rosa branca


Boas coisas para me dar


2


Dessas coisas farei tema


Se me deres satisfação


Não sei qual teu esquema


Te amo do coração.


 


Autor : Virgilio Cordeiro Fonte : Giloca... "A Vida de um Catraio"


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo


« Quero »


1


Ainda não sei como fazer


Apenas sei que te quero.


Tudo quanto possas querer


Te darei com esmero.


2


Não esperes por mais ninguém


Encontrastes teu par.


Posso ser parecido com alguém, mas…


Tenho muito para te dar


3


Quero que me dês também


Tanto ou tal e qual.


Só nos faz é bem


E a nimguém pode parecer mal.


4


No mais íntimo do meu ser


Quero sempre mais.


Ter-te a meu lado, se puder ser


Diz-me se queres e quais.


Autor : Virgilio Cordeiro      Fonte : Giloca... "A Vida de um Catraio"


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo


“Desejo de amores”


1


Com catorze anos apenas


Me levaram à desfloração


Era um rapazinho sem penas


Não tinha nenhuma informação


 2


Ao ver pessoa mais velha


Fiquei como envergonhado


Mandou-me deitar em cima dela,


Não me fiz rogado


3


Tinha as saias levantadas


No centro muito pelo louro


Oh.. fiz eu ao ver-lhe as pernas alçadas


Meu instrumento parecia um “besouro”


4


Anda… não tenhas vergonha


Dizia ela baixinho


Eu não tenho “peçonha”


Mete aqui com carinho


5


Ao executar


Senti grande calor


Não mais consegui parar


Sentia como um torpor


6


Se aquilo era fazer amor


Mas que grande sensação


Não seria problema a cor


Estaria sempre em acção


7


Gemia no meu pensamento


Isso me dava satisfação


Não tinha grande instrumento


Mesmo assim não disse que não


8


Custou 2 escudos e cinquenta centavos


Era dinheiro naquela altura


Procurei ganhar mais uns avos


Para ir à sua procura


9


A experiência foi muito boa


Provei e gostei, mesmo sendo casual


Nunca fiz a coisa a toa


Não darei em homossexual


10


Mas quem não gosta afinal


Até qualquer animal


Homem ou mulher não tem mal


As melhores estão em Portugal


Autor: Virgílio Cordeiro Fonte: Giloca... “A Vida de um Catraio”


Tem Direitos de Autor


  ooooOOOoooo


POEMA


 « Às Avós »


Avós… mulheres, esposas, depois mães


Tambem mães das mães


Hó Avós… mães


No último lar que tens Vi


Vi que tens cruz... Vi que não tens flôres e puz


Vi que descansas ficando na Luz, mas Senti


Que em meu peito havia dor


Que no meu coração havia amor


Que na minha idéia tinhas valor


Que ainda sinto teu calor


Lembrei Avós e por vezes sós


Nunca me esquecerei de vós


Até ao fim dos tempos e após


Homenagem às mulheres mães sós


Mais ainda… às mulheres mães e avós.


Autor : Virgilio Cordeiro   Fonte : Giloca « A Vida de um Catraio »


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo


Poema


« FERIDAS »


Marcas de sofrimento...


CHAGAS que demoram a sarar.


Nas facetas da VIDA


só o TEMPO e DEUS nos pode ajudar...


para as poder curar.


Autor : Virgilio Cordeiro         Fonte : Giloca... "A vida de un Catraio"


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo


"Paz e Silêncio"


Gostas de paz e do silêncio...


do campo e do mar.


das mãos dadas e dos beijos loucos


tens tudo para dar.


Entrega sem parar, és...


criança adorável, tendo


só Mel e Chocolate para se provar.


Quero ser o primeiro a dar-lhe a mão


nessa nova fase de vida


aquela em quem quero confiar.


Desfazer não deverás


há uma só coisa a fazer


e aqui me terás.


Autor : Virgilio Cordeiro     Fonte : Giloca... "A Vida de um Catraio"


Tem direitos de Autor


ooooOOOoooo


Poema


« Óh mar… Óh mar »


Quem me dera ser peixe para em ti navegar para em ti me refugiar.


Óh mar… Óh mar.


Lar do sangue frio para ele fico a olhar.


Nele patrulharei, e…


quando passarem as tormentas que na terra possam estalar.


Para ti continuarei a olhar.


Óh mar… Óh mar.


Autor : Virgilio Cordeiro Fonte: Giloca... “ A Vida de um Catraio"


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo 


Poema


«Carocha, lindos olhos»


Ao olhar-te, vi uns lindos olhos.


Ao tocar-te, senti vibrações.


Ao beijar-te, entrei em ti.


Ao amar-te, ressucitei à vida…


para o continuar a fazer,


espero não morrer querida.


Só de ti posso esperar Mel,


que me cures esta ferida.


Que nome e que sabor, na minha boca quero ter.


Só serão mais uns meses, espero não te perder.


Não é tarde para amar, certo… mas amor, quero-te ter.


Quanto mais cedo fôr, só para Deus ver.


Amar e ser amado… onde estará o pecado?


Meu coração não é um deserto


Farto-me de lutar… o oásis está por perto.


Ao longe, miragem, côrro… tua imagem vi.


Arrasto-me pela aragem escaldante.


Por favor, não tenhas esse desplante, só eu sei o que sofri.


Quanto mais quero saber, mais timidez tens.


Não é nunca uma vergonha, declarar essa paixão.


Olha que podes morrer, rocha.


Será tarde demais então, percebes… minha carocha.


Olha o mar e me verás… com a brisa me sentirás.


Para nos amar muito e aos poucos


De lado fica a, vergonha


Serêmos os dois garotos loucos


Poderás amar à vontade… não tenhas receio da, cegonha.


Não sabes o que fazer, procura na consciência.


Por amar poderás ficar, perderei a paciência.


Mas se nunca abandonares, olha.


Para teus braços correrei, cansado neles me abandonarei.


Nem interessa saber, quantos anos tens.


Porque mesmo nisso, tudo aproveitarei.


Quero-te por fim dizer, que tudo é escaldante...


sinto tanto calor que apenas quero ser,


teu grande e único amante.


Autor :Virgilio Cordeiro          Fonte : Giloca... « A Vida de um Catraio »


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo


« Gostar » 


Gostar de paz e do silêncio...


do campo e do mar


Gostar das mãos dadas e dos beijos loucos...


tens tudo para dar


Gostar da entrega sem parar, criança crescida adorável


só Mel e Chocolate para se provar


Gostar de querer ser o primeiro a dar-te a mão...


nessa nova fase de vida


Gostar… em quem quero confiar.


Por isso: Desfazer não deverás


Há uma só coisa a fazer


E aqui me terás!… mas,


prova-me... só assim me amarás.


Prova meus beijos loucos,


meus braços que acariciam,


abandona-te em meu regaço e...


verás que gostarás.


Autor : Virgilio Cordeiro Fonte : Giloca... « A Vida de um Catraio »


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo 


Quadra


« Ligeira »


Ligeira como o vento, por certo tempo.


Depois normal.


Pensou depois com tempo


e reparou que algo fez mal.


 


Autor: Virgílio Cordeiro Fonte: Giloca... “A Vida de um Catraio”


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo


Quadra


« Rosa Vermelha1»


Vermelha como esta flôr


Rosa mais linda para te oferecer


Mesmo que não seja esta… tua côr


Terás muito, muito amor podes crêr


Autor: Virgilio Cordeiro Fonte : Giloca... A Vida de um Catraio


Tem direitos de Autor


ooooOOOoooo


Poema

"AURORA... DESPERTAR DA VIDA"


Mãe ! Mãe querida.


Sei que fostes embora e aceito.


No mais fundo do meu Ser, eu quero...


Quero guardar aquilo que fostes e ainda és.


Fostes o Ser do meu Ser e soubestes ser.


Fostes a mãe que sempre sonhei.


O sonho que quero ser.


A minha amiga confidente que soube escutar.


A conselheira do caminho a tomar.


Fostes feliz à tua maneira nesta vida.


"A vida que Deus te deu".


"Ele" chamou-te e tu correstes.


Fizestes bem querida mãe.


A tua obra continua...


Os quatro pedacinhos do teu Ser estão contigo.


Sabes!... Vai cair a noite, é tempo de dormir.


Levo-te no pensamento.


Amo-te do coração.


Cedinho acordo.


Acordo com a convicção...


Que essa Aurora é o despertar da vida.


Mãe... Mãe querida .


Autor: Virgilio Cordeiro Fonte : Giloca « A Vida de um Catraio »


Tem direitos de Autor


ooooOOOoooo 


Poema


"Dôr"


A"revolta" no meu peito existe....


No meu Ser, ainda a "dor"!


Meu Deus, "pedidos" fiz-te


É a "angustia" de um "Pecador".


Autor : Virgilio Cordeiro Fonte : Giloca "A Vida de um Catraio"


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo 


P oema


"CHÔRO"


Meu peito doía...


Nem sabia que meu pequeno coração chorava


chorava a amargura


tambem a que fazia sentir aos outros


Meu peito doía... a incompreensão pelos "grandes"


não saberem fazer seus deveres


Olhava os cães, os gatos, os passarinhos e as árvores


Quería-me sentir como eles,"livres"


Livre das penas, queixas, dós


Das "misericórdias" dos outros


Dos "coitadinhos" em qualquer lado.


Autor : Virgilio Cordeiro Fonte : Giloca... “A Vida de um Catraio”


Tem Direitos de Autor


ooooOOOooo
Poema


“Cortesias amargas” 


Olho ao longe vejo e sinto!.....


Os alízios do Este… acariciam meu rosto


Narinas com odor a Sal… a maresia


Sombras recortadas no céu azur… colinas cor Sienna


Como meu peito revolto… a espuma do mar


Imundices humanas… pelas suas águas sujas


Cascos e mastros… bravuras dos antepassados


Grandeza antiga… corruptos modernos


Olhando certos Srs…


seres purulentos em estado avançado


Sentindo-se-lhe o oportuno dos actos…


Misérias humanas bipédes


Ricos, pobres e outros mais pobres ainda


Como canídeos à solta… despenteados, desapossados


A fome espreita a caça um dia irá começar


Perde-se a nobreza dos sentimentos, o ser-se e não se é… será?


Que nos resta senão… as ruas para passear


      A Terra, o Vento, Sol e Mar para nos acariciar...As mulheres para amar.


Autor : Virgílio Cordeiro Fonte: Giloca "A vida de um Catraio"


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo


Poema


« Garota louca » 


 Nossos olhares se cruzaram, louca garota!


Garota assim que te olhei, ao respeito não faltei, não.


Logo te agarrei garota louca, por ti louco fiquei


Assim sendo, garota louca… contigo dormirei.


Oh! Louca garota


assim ousarei sempre, se bom olhar me dás.


És um resplandecer de beleza que me apraz


nesse espelho me quero ver, garota Louca, garota… para a teu lado ficar


Deslumbrado terei que ficar… ao olhar-te Garota louca


Sim, louca garota… ousarei sempre te conquistar.


Autor : Virgilio Cordeiro Fonte : Giloca "A Vida de um Catraio"


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo
Poema


« Porque não » 


Porque não e Olhei vi


Para ti ri sorri!


Pensei não… porque não e?


Assim sim, resolvi.


Olhei vi campos, olhei... águas vi


Para ti fui e corri


Porém… tropecei quase caí


Icei, corri e vi


Algo tormentava, senti


Louco ficava e ali


À mente pedi e ouvi


Doente estava e sorri


Era coração e resolvi


Poema escrever e escrevi


Por te não ver, a ti


Mas distante estava daí


Escrevi linhas e li


Calmo fiquei e vi


Algo importante era e senti


Era amor… e só por ti.


Autor : Virgilio Cordeiro Fonte : Giloca "A vida de um Catraio"


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo
Citação


« Por trás de um bom ser e parecer se escondem por vezes as pobrezas de espírito »


Autor : Virgilio Cordeiro Fonte Gila... A Vida de um Catraio


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo
Citação


«Para ser um bom pai e bôa mãe é desnecessário dar maus tratos aos filhos… pelo contrário será sim ser uma pior criança adulta»


Autor : Virgilio Cordeiro Fonte : Giloca A Vida de um Catraio


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo 


Poema:


“ Peito dói... Coração chora”


O meu peito doía e nem sabia que meu pequeno coração chorava.


Chorava minha amargura e aquela que fazia sentir aos outros.


A incompreensão pelos "grandes", não fazerem seus "deveres".


Olhava os cães, os gatos, os passarinhos e as árvores;


Queria-me sentir como eles, "livres".


Livres das penas, queixas, dós... Das "misericórdias" dos outros.


Dos "coitadinho" em qualquer lado.


Fugia de tudo isso... Fugindo das gentes que me faziam sentir mal.


Refugiava-me no campo... acompanhado pelas árvores que me embalavam.


E lá... os passarinhos cantavam para mim.


Pelo perfume de tudo quanto me rodeava, sonhava....


eram sonhos de criança e lá, sentia-me livre.


Até ao dia em que no campo me tiraram a inocência... a liberdade, os meus sonhos.


E por muitos anos me fizeram sofrer na mente... na carne, no espírito.


Sem saber a razão... sobretudo o porquê... "Eu".


Era um pássaro ferido, esvoaçando... tomando forças na natureza mãe.


Procurava pai, mãe, irmãos ou irmãs...


mas o destino cruel quis que eles sofressem também.


Procurava fugir aos animais ferozes, voando, esvoaçando...


fazendo como os outros, fugindo para lugares melhores.


Mas os animais ferozes estavam por todo o lado!


Encontro o meu cantinho em Portugal.


Só, encontro a paz e o descanso neste jardim...


após esta vida infernal.


Autor: Virgílio Cordeiro Fonte: Giloca... “A Vida de um Catraio”


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo 


Poema


«Mulher»


Que explendôr de corpo teu… mulher


Que tanto amor podes dar… mulher


Que doces loucuras podes fazer… mulher


Porém… Se todos soubessem… mulher


Que só sexo não queres têr… mulher


O que pedes é carinhos e amor… mulher


Porém… Ainda há aqueles homens... mulher


Que por ti se perderão... mulher


Esses sim, amor te darão... mulher


Porém… Enganas-te quando dizes terem par... mulher


Serve-te da tua imaginação/intuição... mulher


E atinges o coração desse bom Ser... mulher.


Porém… Te lembrarás… mulher


Daquele olhar que te lancei… mulher


Aquele pequeno toque dei… mulher


Porém… Teu corpo desejei… mulher


Que calor tão grande… mulher


Não pude esconder… mulher


Porém… Senti tua presença… mulher


Teu calor adorei… mulher


Nos teus braços caí… mulher


Porém… Hoje, agora e sempre… mulher


Me terás na tua vida… mulher


Até à morte ficarei… mulher


Porém… Antes disso acontecer… mulher


E se Deus assim quiser… mulher


Toda a vida te amarei… mulher


Louca e doce mulher.


Autor : Virgilio Cordeiro       Fonte: Giloca... A Vida de um Catraio


Tem Direitos de Autor


ooooOOOoooo


Não se esqueçam de fazer uma visita ao : LIVRO DE VISITAS


 


livro de visitas


 


Importante: Se algum de vocês for proprietário de alguns destes imagens, fotos, artigos, textos, etc. e não queira que sejam publicados neste site, fico agradecido que mo digam... retirarei imediatamente


 


 


natureza 026


 OOOooOOO


 Vida e morte de Brandy, Suzy, Paquito e outros


Vídeo de Brandy


Nasceu a 20 de Abril de 1997  no Québec-Canadá


Morreu a 10 de março de 2012 pelas 02h50 a Sherbrooke P.Q. Canadá


Meu fiel companheiro... Brandy




Brandy 21

Brandy 23

Brandy 26

Brandy 28

Brandy 29

Brandy ola

Brandy 222

Brandy 223

Brandy 224


Tudo ou quase sobre o Yorkshire Terrier. 


 



UMA AMIGA DOS ANIMAIS


 
Isa e Paquito1

Paquito2

Nina e Merce

Betoven

Virgilio e Suzy 2005


OOOOOOOOOO///OOOOOOOOOO


Educação dos nossos Filhos


Gostaria de dizer algo sobre o texto que se segue mais abaixo.


Alguém me mandou este texto sobre a "Educação dos Filhos" e o comportamento de certos Pais nesta época.


Estando mais ou menos de acordo com certas passagens no texto, queria ajudar com o meu contributo inserindo o mesmo na minha Página Pessoal.


Certo que há pais que excelam na educação dos filhos, mas também há outros que abusam na maneira de educar, contribuindo para que a estes pequenitos/as lhes seja muitas vezes e sobretudo nas escolas, diagnosticado... "perturbações de comportamento".


Daí certos pais mudarem os filhos de escola, tratarem a direção e os professores de não se ocuparem como deve de ser das suas progenituras, estando o mal na maneira de como são educados.


Que os filhos das vizinhas ou amigos não são tao bons como os deles, etc.


Proximo de mim vi/vejo esse exemplo e até tenho receio do que venha a acontecer mais tarde. Aliás, já aconteceu.


Quando quis ajudar, não me ouviram dizendo-me até que o meu tempo estava ultrapassado e que queriam dar o melhor a seus filhos. Afastei-me por não gostar da maneira como o fazíam e eis um resultado que até da pena.


Podem-me tratar de autoritário e militarista... mas em todo o caso prefiro a maneira como eduquei os meus, só que estes por sua vez educaram os seus há maneira deles. Quem peca? O futuro o dirá.


Daí o meu contributo aqui.


Virgilio


-----//-----


 ORA VEJAMOS...


Muitos hábitos a alterar nos pais da actualidade!!



Pelos erros dos pais se constroem crianças e adolescentes verdadeiramente horrendos, medonhos, crueis... No fundo, trata-se de um único problema: não são educados pelos seus pais. Estes limitam-se a "criar" pessoas (que perdem valores verdadeiramente humanos depois de adultos)...

(Como eu queria que alguns encarregados de educação lessem e entendessem isto !!)


Pensemos...


O regresso dos pais autoritários


 


Os pais têm de recuperar a autoridade perdida e deixarem de querer agradar aos filhos, ou o mundo estará perdido, afirma um dos mais famosos pediatras do mundo. Fomos saber porquê.


Catarina Fonseca/ACTIVA | 10


Veja-se mais....


Confesso que ia um bocado amedrontada. Afinal, ia entrevistar um dos homens responsáveis por um dos maiores escândalos educativos das últimas décadas, o homem que defendera a urgência do regresso ao poder dos pais contra os todo-poderosos filhos.
Acusado de tudo, de fascista para baixo, o pediatra líbio-francês Aldo Naouri diz que os pais se demitiram do seu papel de educadores e em vez disso se dedicam a satisfazer a criança, com o único desejo de se fazerem amar. Diz que confundimos frustração com privação. Diz que transmitimos à criança que não só pode ter tudo como tem direito a tudo, içando-a ao topo do edifício familiar, onde ela nunca esteve e onde nunca deveria estar. Diz que um filho hoje não é criado para se tornar ele próprio, mas para gratificar e servir o narcisismo dos pais. Diz que estamos perante uma epidemia que encoraja os pais a seduzirem as crianças, tornando-as assim em seres obsessivos, inseguros, amorfos e emocionalmente ineptos, que não sabem gerir as suas pulsões e são incapazes de encontrar o seu lugar no mundo.
Em resumo, esperava alguém mais parecido com o Deus do Velho Testamento, que me recebesse com raios e coriscos, ou pelo menos uma praga de gafanhotos. Em vez disso, recebeu-me com um sorriso só equivalente ao sol de Lisboa, agarrou-me na mão, perguntou-me por que é que não tinha filhos e assegurou-me que os homens são todos uns egoístas. "Portanto, madame, é só escolher um! São todos iguais!"

Por entre gargalhadas, falou-se de coisas muito sérias, como aquilo que andamos a fazer às crianças. Ora leiam.

- Então, nada de democracia para as crianças?

- Não. É fundamental que estejam numa relação vertical: os pais em cima, as crianças em baixo. Porque há uma diferença entre educar e criar. Criar é dar-lhe os cuidados básicos, dar-lhe banho, alimentá-lo, etc. É como criar galinhas. Educar é haver qualquer coisa que não existe e que é preciso formar. Por isso a criança não está nunca ao mesmo nível dos pais, não pode haver uma relação horizontal. Se quiser compreender o que se passa na cabeça de uma criança numa relação horizontal, imagine o seguinte: você está num avião, e o comandante vem sentar-se ao seu lado. Você pergunta, Mas quem é que está a guiar o avião? E ele diz, 'Ah, é um passageiro da primeira fila que eu pus no meu lugar.' A criança tem necessidade de alguém acima dela.

- As mães não se escandalizam com a mudança de hábitos que lhes aconselha?

- Nada disso. As mães estão petrificadas na sua angústia e precisam de se libertar. Eu digo, 'mas não vale a pena angustiarem-se dessa maneira, ser mãe é muito mais simples do que vocês pensam'. Digo-lhes que não vale a pena viverem preocupadas porque a criança não come, não dorme, ou vai ter ciúmes do irmão. Dou-lhes conselhos básicos e fáceis de seguir e tento fazer com que simplifiquem a máximo as suas vidas. O que eu quero é que a criança seja para os pais uma fonte de prazer e felicidade, e não um foco de sofrimento e angústia, e para que isso aconteça, os pais têm de estar descontraídos.

- As nossas avós não viviam nessa angústia...

- Pois não. Mas viviam num mundo em que havia três tipos de ordem: Deus, Rei e pai. Esse tipo de ordem fazia com que existisse qualquer coisa que as transcendia. Hoje todo o tipo de transcendência desapareceu, e quem ficou no lugar de Deus? A criança. Às mães que põem o filho nesse altar, eu simplifico a tarefa: digo - Não se cansem dessa maneira. Não se preocupem assim. Ponham-se a vocês próprias em primeiro lugar. Claro que não é uma coisa que elas estejam habituadas a fazer, ou sequer a ouvir, mas não é por isso que não podemos dizer-lhes, e não é por isso que elas vão deixar de ser capazes de o fazer. Acredito que vão ser capazes, porque é urgente: a bem das crianças, e a bem delas próprias. É preciso fazer as coisas de maneira tranquila, porque a mãe perfeita não existe, o pai perfeito não existe, a criança perfeita não existe.

- Mas as mães hoje têm uma vida tão difícil, é normal que se culpabilizem...


- Não é por trabalharem fora de casa que têm de se sentir culpadas. Peço às mães: lembrem-se do vosso primeiro amor. Quando não o viam durante três dias, morriam de saudades. Mas quando o voltavam a ver, assim que batiam os olhos nele era como se nunca se tivessem separado. Com as crianças, é exactamente igual. Quando tornam a encontrar a mãe, é como se ela nunca tivesse partido.

- Diz que os pais esqueceram o seu papel de educadores porque querem ser amados pelas crianças. Por que é que isto acontece?



  • - Como todas as crianças, tiveram conflitos com os pais. E como todas as crianças, amam-nos mas guardaram muitos ressentimentos. E não querem que os seus filhos tenham esse tipo de ressentimento em relação a eles. E pensam que a melhor maneira de o fazer é seduzir a criança para que ela o ame. O que é um enorme erro. Porque nesse momento, a relação vertical inverte-se. A hierarquia fica de pernas para o ar, e quando isso acontece, destruímos a crianças.

  • - O problema é que as pessoas confundem autoridade com violência. Autoridade é fazer-se obedecer, não é dar uma palmada, que o senhor aliás desaprova.
    - Completamente! Não aprovo palmadas de que género for, nem na mão nem no rabo. Ter autoridade não é agredir a criança. Ter autoridade é dizer: 'Quero isto', e esperar ser obedecido. Quero que faças isto porque eu disse, e pronto. Autoridade é só isto, é assumir o seu dever. Não vale a pena ser violento, aliás porque a criança sente a autoridade. É quando o pai ou a mãe não está seguro do seu poder que a criança tenta ir mais longe. Quando há uma decisão que é assumida pelos pais, ela cumpre-a.

    - Uma terapeuta de casal dizia que as pessoas hoje não têm falta de erotismo, dirigem-no é todo para as crianças...
    - Sem dúvida. E é isso que é urgente mudar. O slogan 'a criança acima de tudo' deve ser substituído por 'o casal acima de tudo'. A saúde física e psíquica das crianças fabrica-se na cama dos pais. Por que isso não acontece é que há tantos divórcios, e depois a vida torna-se muito mais complicada para a mãe, o pai e a criança. Se elas decidem privilegiar a relação de casal, estão a proteger a criança.

    - Educou os seus filhos da forma que defende?
    - Sim sim, eu eduquei os meus três filhos tranquilamente. A autoridade significa serenidade, não violência. Ainda hoje, que eles já são mais do que adultos, nos reunimos às vezes para jantar. E no outro dia, falámos sobre as viagens de carro que costumávamos fazer - sempre viajei muito com eles. Quando se portavam mal, eu virava-me para trás e dizia: - Olhem que eu páro o carro e deixo-vos a todos aqui na autoestrada! - Só há pouco tempo é que percebi que eles achavam que eu estava a falar a sério e que seria capaz de os abandonar na estrada! (ri). Tal é a força da autoridade. Mas isso não tem importância, o importante é que funcionava! (ri)

    - Diz que o pai tem de ser egoísta mas também diz que uma das tragédias do mundo moderno é a ausência do pai... Qual é então o papel do pai, para lá de ser egoísta?
    - Tem duas funções: a primeira é a de possibilitar à mãe o exercício da sua feminilidade. A segunda é a de se oferecer ao filho ou filha como um escudo contra a invasão da mãe. Porque de outra maneira, a mãe vai tecer à volta do seu filho um útero virtual, extensível até ao infinito. O pai não está presente como a mãe, mas é preciso que esteja presente.

    - Mas hoje exige-se aos pais que façam uma data de coisas, que mudem fraldas, que ponham a arrotar, que ensinem karaté...
    - Não é preciso. Porque na cabeça das crianças tudo está muito claro: aquela que o filho ama acima de tudo é a mãe, que sempre respondeu às suas necessidades desde que estava na sua barriga. Se alguém lhe diz 'não', mesmo que seja a mãe, para ele a culpa é do pai. Ou quando muito, da não-mãe. No inconsciente de uma criança, o pai não existe. Só há a mãe. O pai tem de se construir, a bem das crianças e a bem da mãe delas.

    - Antes de ler este livro não tinha consciência de que as crianças estavam tão perturbadas.
    - Li um artigo recentemente do director do centro médico-pedagógico de Paris, que afirmava que em 2008 tinha recebido 394 novas famílias, e que a maior parte tinham problemas psicológicos. No fim da primária, 40% dos alunos ainda não dominam a língua, e isto é grave. E não porque tenham problemas físicos ou sejam burros: é porque não os sabemos educar. Mas é uma tarefa difícil, porque mesmo as instâncias governativas vão no sentido de seduzir a criança. Porque as crianças vendem, são um produto que se compra e se compara. Todo o mundo vai no sentido de deixar a criança fazer o que quer, porque é mais fácil que ela não cresça. Mas o que vai acontecer é que essas crianças, se não travadas, vão crescer e fabricar sociedades absolutamente abomináveis, onde será cada um por si, onde não haverá solidariedade.

    - Nem cientistas... É o senhor quem o diz...
    - (ri). Apesar de tudo, estou optimista. As pessoas querem saber como podem mudar. Não sou o único a dizer estas coisas, mas digo-as de forma bruta. Tenho 40 anos de experiência com pais e crianças. E é muito fácil mudar, quando começamos a ver a lógica das coisas. Além disso, o que eu pretendo é simplificar a vida das pessoas. Não quero voltar àquilo que se fazia há um século. Não quero pais castradores.

    - O que é um pai castrador?
    - Não é um pai autoritário, é um pai fraco, intranquilo, desconfortável na sua pele e na sua posição. O que eu digo é, a sua posição como pai ou mãe está assegurada à partida. Só tem de exercê-la. Uma vez, apareceu-me uma mãe muito alarmada porque a filha não dormia. Aconselhei-a a dizer à criança, antes de dormir: 'Podes dormir tranquila. Não preciso mais de ti hoje.' E a criança dormiu a noite toda. Por isso eu digo no fim das consultas, a todas as crianças, tenham elas 1, 7 ou 14 anos, 'Muito obrigado por me teres trazido os teus pais à consulta. Agora podes ficar descansado, eu ocupo-me deles.'

    O QUE DEVEMOS FAZER...
    Palavra de ordem: não compliquem.
    Segundo Aldo Naouri, o esterilizador de biberões não faz sentido, nem desinfectar o mamilo.
    - Os biberões devem lavar-se com água quente da torneira.
    - As nádegas do bebé devem ser lavadas com água e sabão.
    - A roupa do bebé pode ser enfiada na máquina como o resto da roupa de casa.
    - Em todas as idades, devem tomar-se as refeições familiares em conjunto.
    - Um adolescente pode ir vestido da maneira que bem-entender.
    - Petiscar, no caso de um adolescente, não é de condenar, porque precisam de imensas calorias.

    E O QUE NÃO DEVEMOS...
    - Rituais antes de dormir, como a história ou a cantiga, é para irem à vida. Só servem para ritualizar o medo da criança. Deve-se mandar a criança para o quarto, e aí ela fará o que quiser com o seu tempo.
    - Angustiar-nos com as horas de sono. É absolutamente necessário livrarmo-nos da obsessão do número de horas que eles dormem.
    - Nunca, em circunstância alguma, se deve obrigar uma criança a comer.
    - Biberão, chupeta e objectos de transição devem desaparecer antes do fim do segundo ano da criança.
    - Bater nunca: nem na mão nem no rabo.
    - Elogiar, só para coisas excepcionais.
    - A criança não deve escolher a sua roupa.
    - Uma ordem não tem de ser explicada, tem de ser executada. A explicação que é dada ao mesmo tempo que a ordem apaga a hierarquia. Se quiser explicar, só depois da ordem cumprida. A figura parental nunca, mas nunca, tem de se justificar perante o filho.

    Para ler: 'Educar os Filhos', Aldo Naouri, Livros d'Hoje


 OOOooOOO



MANUEL SERRA 


 


bandeira pt


estrela


Manuel Serra


Manuel Serra


 


bouquet


Um Eterno Descanso na Paz do Senhor.
Da parte de um familiar, amigo e companheiro de Luta ... Como tantos outros também importantes.
A todos eles... Bem Hajam.
Giloca


estrela


Pequena Homenagem a Manuel Serra ...
Um Homem do Povo que a Ele se dedicou com abnegação.
Socialista do mais profundo do seu Ser. 
Um Revolucionário no mais profundo das suas convicções.
Familiar e amigo ... Sempre com um sorriso e boa Disposição.
Descansa em Paz
Giloca


estrela


Manuel Serra e Marinela 


O Manuel Serra e Marinela
São Dois Seres que se complementavam em tudo. Os muitos anos de vida sempre com familiares, amigos e camaradas a sua volta, na Luta pelo mesmo ideal.
Um Revolucionário, na Luta pela Liberdade e Democracia em Portugal ... Paz Eterna a um grande Socialista.
Marinela... felicitações por teres sido a companheira de um grande Homem.
Giloca


estrela


ALGUNS LINKS


 


  A


  B


  C


  D


  E


  F


  G


  H


  I


  J


  L


  M


  N


  O


  P


 Q


  R


  S


  T


  U


  V


  X


  Z


 


DIVERSOS LINKS


 


 1


 2


 


 



José Mário Branco - Eu Vim de Longe


 


Pedro Barroso...


 


 estrela  


 


MAIS SITES QUE DEDICAM ALGUMAS NOTICIAS SOBRE... MANUEL SERRA


 


http://weber.blogs.sapo.pt/2010/02/01/


http://www.cpihts.com/1%BA%20Congresso%20Nac.%20SS.pdf


http://maline.pagesperso-orange.fr/viriato/25_de_abril.htm


http://abril-de-novo.blogspot.com/2009/02/prec-cronologia-do-ano-de-1975-v.html


http://www.alentejopopular.pt/pagina.asp?id=3784


http://arepublicano.blogspot.com/2010/02/e-na-juventude-operaria-catolica-aos-17.html


http://arrastao.org/sem-categoria/manuel-serra-1931-2010/


http://caminhosdamemoria.wordpress.com/2010/02/08/as-relacoes-entre-a-igreja-e-o-estado-e-a-liberdade-dos-catolicos/


http://5dias.net/2010/01/03/3-de-janeiro-a-fuga-de-peniche/


http://www.rr.pt/informacao_detalhe.aspx?fid=92&did=114347


http://www.forumcidadania.org/politica/partidos_files/historia_ps/cronologia-02.html


http://duas-ou-tres.blogspot.com/2010_02_01_archive.html


http://duas-ou-tres.blogspot.com/2010/02/hoje-sabemos-melhor-o-que-foi-o-chamado.html


http://www1.ci.uc.pt/cd25a/wikka.php?wakka=emmonge


http://entreasbrumasdamemoria.blogspot.com/2010/02/manuel-serra-1931-2010.html


http://www1.ci.uc.pt/cd25a/wikka.php?wakka=Espolio8


http://pravdailheu.blogs.sapo.pt/276919.html


http://www.triplov.com/miguel_garcia/mocambique/capitulo1/politica_interna.htm


http://www.aventar.eu/category/historia/page/15/


http://inclusaoecidadania.blogspot.com/2010/02/morreu-manuel-serra-1931-2010.html


http://diario.iol.pt/sociedade/tvi24-manuel-serra-funeral-politica/1136565-4071.html


http://irenepimentel.blogspot.com/2010/04/o-golpe-da-se.html


http://www.alvarenga.net/pai.html


http://virgiliopscordeiro.no.comunidades.net/index.php?pagina=1126550364


http://aeiou.expresso.pt/manuel-serra-1932-2010=f561329


http://www.aventar.eu/2010/02/01/manuel-serra-1932-2010-e-as-batalhas-campais-no-ps-de-1974/


http://tsf.sapo.pt/PaginaInicial/Portugal/Interior.aspx?content_id=1484342


http://caminhosdamemoria.wordpress.com/2010/02/07/manuel-serra-um-agradecimento/


http://caminhosdamemoria.wordpress.com/2010/02/01/manuel-serra-1931-%E2%80%93-2010/


http://e-spacio.uned.es/fez/eserv.php?pid=bibliuned:ETFSerie5-2007-0000&dsID=pdf


http://www.tvi24.iol.pt/politica/ps-politica-manuel-serra-obito-tvi24--/1135915-4072.html


http://www.publico.clix.pt/Pol%C3%ADtica/morreu-manuel-serra-um-historico-do-partido-socialista_1420806


http://semanal.omirante.pt/index.asp?idEdicao=440&id=63968&idSeccao=6890&Action=noticia


http://analisesocial.ics.ul.pt/documentos/1223400499A1rNG9eq8Lo93IW1.pdf


http://sites.google.com/site/abrilprisoesmil/home/onde-andavam-a-seguir-ao-25-a


http://forum.autohoje.com/off-topic/19410-pioneirismo-luso-1-desvio-de-avioes-comerciais.html


http://www.caestamosnos.org/Pesquisas_Carlos_Leite_Ribeiro/Assalto_Navio_Santa_Maria.html


http://www.portuguesetimes.com/Ed_2032/util/beat.htm


http://www1.ci.uc.pt/cd25a/wikka.php?wakka=PulsarMaio74


http://www.iscsp.utl.pt/~cepp/revoltas/ditadura_e_estado_novo/revolta_da_se_1959.htm


http://www.google.pt/search?q=revolucionario+Manuel+Serra+&btnG=Pesquisar&hl=pt-PT&rlz=1T4DACA_frCA261CA261&sa=2


http://victorian.fortunecity.com/christy/454/Textos/sobre_o_pensamento_social.htm


http://resistir.info/portugal/varela_gomes_fev10.html


http://jornaldeangola.sapo.ao/19/46/antecedentes_ao_caso_do_paquete_santa_maria


http://www.sabado.pt/Multimedia/Videos/Politica/Durao-e-Ze-Manel.aspx


http://militantesocialista.blogspot.com/2010_02_01_archive.html


http://www.aventar.eu/2010/02/01/manuel-serra-1932-2010-e-as-batalhas-campais-no-ps-de-1974/


http://www.forumavarzim.org.pt/site/index.php?option=com_content&view=category&layout=blog&id=38&Itemid=100015


http://clube-a-linha.blogspot.com/2010_02_01_archive.html


http://caminhosdamemoria.wordpress.com/2009/03/23/o-%c2%abgolpe-da-se%c2%bb/#more-5725


http://weber.blogs.sapo.pt/716446.html


http://w3.dn.pt/inicio/portugal/interior.aspx?content_id=1484121


http://www.mlgts.pt/xms/files/Publicacoes/Artigos/2010/Ex_Post_Justice__Legal_Retrospection__and_Claim_to_Bindingness.pdf 


http://www.aventar.eu/2010/02/01/manuel-serra-1932-2010-e-as-batalhas-campais-no-ps-de-1974/comment-page-1/#comment-27927 


estrela


Parte da carta do Manuel Serra ao Presidente "Doutor Jorge Sampaio, Ilustre Presidente da República


Comentário de: (Sr. João Varela Gomes Gomes, grande amigo e companheiro de M. Serra)



... Embora me honrasse muito noutras circunstâncias, nas actuais (essa concessão) forçar-me-ia a calar a insatisfação com que venho observando e vivendo o percurso de 30 anos após a revolução militar e popular que nos trouxe o 25 de Abril ... Quantos milhares de mulheres e homens, ao longo de quase meio século de fascismo, souberam lutar, sofrer e morrer para que o Povo Português pudesse um dia vir a libertar-se do nefando e odioso regime que vigorou até Abril de 74 ... É com eles que, por opção, fico no anonimato do seu viver, sem outras honras que não seja a dádiva das suas generosas e heróicas vidas para que Abril acontecesse. É com eles que fico, Senhor Presidente ... (Eis) a minha posição, face à concessão da Ordem da Liberdade e à sua recusa.


estrela


O histórico do Partido Socialista Manuel Serra morreu no domingo à noite em Lisboa, com 78 anos, vítima de doença prolongada. Manuel Serra aderiu ao PS a 22 de Maio de 1974, após ter liderado o Movimento Socialista Popular. O socialista Arons de Carvalho recorda-o como um homem que sempre esteve próximo do socialismo democrático


estrela


Uma pequena introdução...


 


Desde miúdo sempre me considerei o benjamim do : Manuel Serra (falecido), Maximino Serra e seu irmão mais velho José (falecido).


Meus Tios do lado materno Lucinda (Laurinda) e José Serra sempre me trataram e receberam bem. Fui testemunho de muita tristeza naquela casa com a prisão do Manuel Serra e a fuga do Maximino Serra... Mas na rua e em qualquer lado, eram dois autênticos LOBOS respeitados que defendiam as crias com tanta resolução, que ainda me lembro da tia Lucinda oferecer porrada aos Pides e lhes dizia : se não tendes para onde ir! Ides trabalhar seus calões, seus malandros !!!!!... que não me largam a casa.


Penso que lhes trazia a alegria da presença de um "filho perfilhado" na ausência dos verdadeiros. Eu e minha avó Maria fomos sempre bem-vindos áquela casa. Desde que nasci até aos quinze anos e meio frequentei aquele "ninho" dos meus tios preferidos.


A partir daí fui para a Armada Voluntário por gostar do mar e querer seguir carreira na Armada.Que decepção a minha... logo na recruta começaram os meus problemas "sem saber de onde vinham" e só ao fim de 3 anos e meio o vim a saber: As minha "pernas" tinham sido cortadas no que respeita a minha carreira militar e de outra maneira não poderia ser. O meu saúdoso Comandante de Unidade nessa altura "Capitão de Fragata, Valente, assim como o Tenente Henriques mo fizeram saber de uma maneira simpatica. Que não sabiam o que havia contra mim, mas que tinha que ser grave pois nada podiam fazer... nem sequer me fazer sair da Armada para a vida cívil. A única coisa grave era a de pertencer aquela honrada e respeitada família e lá morar durante quase todo o tempo do meu Serviço Militar. Daí a minha entrada para a clandestinidade Política e ....... logo após a minha fuga de Portugal. Nunca tinha feito qualquer acto que se dissesse politico ate aí, mas deram-me o "geito" para começar. O resto são histórias que conto no meu Livro "Giloca... A Vida de um Catraio" ainda não Editado, mas escrito e há espera de um Editor complacente.


- Ao meu saúdoso "Irmão" Democrata e Anti-Fascista Manuel Serra... todo o carinho, respeito e orgulho por este ser excepcional... Descansa em Paz meu irmão.


- Ao meu irmão Max toda a admiração e orgulho pela contribuição que ele deu pela luta Anti-Fascista em prol da Democracia em Portugal. 


- Ao meu irmão José, muito carinho pela contribuição e apoio que deu a seus pais na luta que tiveram em defesa de seus outros 2 filhos. Descansa em Paz meu irmão.


Saudações Democráticas


Virgílio Cordeiro


 




 


estrela


Algumas Fotos do Manuel Serra com familiares ou amigos...



Manuel Serra e Virgílio... algures na "Atlantissado"


estrela


 Importante:
Se algum de vocês for proprietário de algumas destas, imagens, artigos, textos, etc. e não queira que sejam publicados neste site, fico agradecido que mo digam... retirarei imediatamente.


 


estrela


 


 


 


estrela


OOOooOOO


Não se esqueçam de fazer uma visita ao : LIVRO DE VISITAS



Importante: Se algum de vocês for proprietário de algumas destas imagens, fotos, artigos, textos,etc. e que não queira que sejam publicados neste site, fico agradecido que mo digam... retirarei imediatamente.


 


OOOooOOO



 


O Caibalion - As Sete Leis Universais



As Sete Leis Universais

Todo aquele que buscar aprender sobre o Ocultismo certamente terá contato com várias referências a Hermes Trimegisto. Chamado “Trimegisto” por ter sido três vezes grande: o maior dos reis, o maior dos sacerdotes e o maior dos filósofos. Sua história perde-se na noite dos tempos, havendo quem o veja como o deus Thot dos egípcios, o que o vincula ao “Livro de Thot”, que chegou aos dias atuais em sua forma codificada nas lâminas e imagens do Tarot. Escreveu o “Caibalion”, obra em que aponta as sete leis universais. O conteúdo de seus ensinamentos é assustadoramente atual, de modo que, seja um mito, seja um sábio da antiguidade, Hermes Trimegisto deixou-nos uma obra cuja grandiosidade repousa no caráter atemporal dos seus ensinamentos.

1. A Lei do Mentalismo
O Todo é Mente; o Universo é Mental.

A matéria mais e mais vai se firmando na concepção da ciência como um temporário feixe de forças. Um corpo sólido, mesmo considerando-se substâncias de grande dureza, como o diamante, é um imenso agregado de partículas formadas por partículas ainda menores e incrivelmente afastadas umas das outras. Grosso modo, o núcleo de um átomo seria como uma bola de futebol no centro do campo, girando os elétrons quais pequeninos grãos de chumbo pelas arquibancadas. Entre eles, o vácuo. Na verdade, para o estudioso do oculto é básico que esse vácuo acha-se todo preenchido por algo mais que o nada.
Se há uma coisa que não existe no Universo, é o nada.
As partículas físicas são extremamente pequenas e distanciam-se enormemente umas das outras, formando um sistema que se apóia num oceano infinito de natureza etérica. O meio etérico, que a ciência rejeita, constitui-se de matéria arranjada de tal forma que as partículas não são perceptíveis pelos instrumentos disponíveis aos pesquisadores terrenos. Ainda assim é matéria, submetida a padrões de atração e repulsão, dotada, pois, de inércia, conquanto não influenciada pelas forças comuns que atuam no plano da matéria física.
Seja como for, as partículas que compõem o átomo são as mesmas que se associam para formar estruturas no plano etérico. O que diferencia uma estrutura física sutil de uma estrutura etérica é o contexto das associações inter-particulares consoante arranjos de forças diferentes. Como a ciência ortodoxa desconhece esses arranjos e associações, não podendo captar a matéria etérica, nega sua existência.
Importante destacar que a Física Quântica desmistificou a dicotomia matéria-onda. Feixes de elétrons comportam-se como raios de luz quando suficientemente acelerados, inclusive difratando. A partícula pode ser concebida como uma curvatura extrema do espaço, algo assim como uma dobra puntiforme que corre pelo todo etérico.
Todo esse escorço é necessário para se abordar o fato de que a matéria física é o extremo inferior da realidade em termos de espectros de vibração. O Universo é composto de ondas cuja manifestação se dá tanto mais próximo da matéria física conforme menor é a freqüência das oscilações que a caracterizam.  Por outro lado, freqüências progressivamente maiores levam o fenômeno para os estamentos mais elevados da existência.
O pensamento também é um fenômeno ondulatório.
Dota-se, pois, de padrões vibracionais, padrões esses que o caracterizam como mais ou menos elevado consoante o paradigma adotado. Sendo o pensamento a veiculação de energia ondulatória, interfere e sofre a interferência de outros fenômenos ondulatórios.
Tendo em vista que o pensamento esparge ondas que se propagam na veiculação da energia assim empregada, e considerando que mesmo a matéria física mais densa é um feixe de forças, temos que entre o pensamento e a matéria sólida há uma comunhão essencial suficiente a vincular um ao outro.
Essa é a base da Primeira Lei Universal. A comunhão da essência da matéria e o fenômeno mental implica na essência mental de todo o Universo. Como corolário, a criação, entendida aqui como a produção das estruturas dos planos existenciais, opera-se pela mente do Criador em interação direta com as partículas (dobras puntiformes do espaço).
Em dimensão reduzidíssima, o próprio homem, com seu pensamento, atua diretamente no meio etérico que o circunda, gerando formas nos fluidos. Por não ter ainda o controle suficiente dos próprios pensamentos, o homem gera formas-penssamentos de modo automático, por ressonância direta, desnudando o seu pensar por uma egrégora vibracional que o circunda. É a chamada co-criação em plano menor.
Veja-se que um ser de elevada estatura espiritual consegue interferir na própria matéria física, submetendo-a por sua vontade na conformidade de seu pensamento. A magia que ao homem parece mera fantasia onírica é mais verdadeira do que uma barra de ferro. A disciplina do pensamento, submetida a uma concentração de vontade bem dirigida, opera fenômenos maravilhosos por interação ondulatória do pensamento na estrutura também ondulatória da própria matéria. “O Todo é Mente; o Universo é Mental.”.

2. A Lei da Correspondência
O que está em cima é semelhante ao que está embaixo, e o Que está embaixo é semelhante ao que está em cima.

A unicidade do todo universal determina que o macrocosmo e microcosmo estejam sob a regência das mesmas leis. No entanto, bem se deve destacar que se trata de semelhança e não de igualdade, já que a gravitação dos astros não se confunde com as forças que sustentam as partículas nos recônditos atômicos, não coabitando o mesmo tratamento matemático – é o que a física quântica esclarece. Impossível não reconhecer a grande semelhança em ambas as estruturas, de qualquer forma. Conquanto o esteio matemático seja distinto, as leis naturais que fazem os corpos e partículas se embalarem em órbitas são comuns tanto no estamento astronômico quanto no quântico.
Por outra, os fenômenos que se desdobram nos planos existenciais de freqüência mais elevada são projetados em harmônicos mais graves até mesmo no plano físico, na matéria densa. Invoca-se o que foi dito acerca da Lei do Mentalismo, afinando-se com a Lei da Correspondência uma vez que a natureza ondulatória do pensamento criador induz por ressonância o seu padrão mais grave nos planos menos elevados, fenômeno somente possível pela comunhão do íntimo ondulatório distinto em freqüência mas semelhante (correspondente) nos demais contornos.

3. A Lei da Vibração
Nada está parado; tudo se move; tudo vibra.

O Ocultismo tem por pressuposto que o vácuo não existe. O que a ciência ortodoxa denomina “vácuo”, as ciências ocultas concebem como astral ou mental. Conquanto divirjam as ciências nesse ponto, é comum a elas que nada no Universo está parado. Tudo se move. O movimento é a pulsante vida de tudo o que existe. Planetas giram em torno de estrelas formando sistemas que, por si, movem-se também em torno de pontos gravitacionais no concerto da galáxia, esta também movendo-se no todo universal. No outro extremo dos fenômenos, partículas giram em torno de outras partículas, formando moléculas que movem-se em grandes velocidades. Mesmo os átomos de uma barra de ferro agitam-se continuamente ao embalo dos movimentos que compõem sua estrutura subatômica. Tudo vibra. O Universo é vivo e agita-se em todos os seus elementos estruturais. O pretenso vácuo da ciência ortodoxa é um infindável oceano do vivíssimo universo que se espraia pelo todo, com suas partículas (dobras puntiformes do espaço) e ondas agitando-se continuamente.

4. A Lei da Polaridade
"Tudo é Duplo; tudo tem pólos; tudo tem o seu oposto;o igual e o desigual são a mesma coisa; os opostos são idênticos em natureza, mas diferentes em grau; os extremos se tocam; todas as verdades são meias verdades; todos os paradoxos podem ser reconciliados."

A consciência espiritual vive em vários planos existenciais durante sua ascensão. Após muito tempo condicionando instintos no plano animal, adentra ao plano humano, passando pelo estado hominídeo, quando é apenas um pouco mais aprimorado que os demais primatas.  De qualquer modo, ao debutar na consciência contínua o homem percebe o mundo à sua volta e exercita o aprendizado através da Dualidade. Só mesmo através de idéias opostas o homem pode compreender o plano existencial em que está inserido. Tudo em sua mente é percebido através de uma forte simetria de opostos. Quente e frio, alto e baixo, noite e dia, e assim por diante. Consoante a Filosófica Oculta, a Unidade se manifesta através do Binário, entendido esse como a Dualidade. A estrutura dialética é uma expressão dessa verdade universal – uma tese é contraposta por uma antítese, advindo do equilíbrio de ambas a síntese; ou seja, a síntese é a equivalência entre os extremos, desnudando-lhes a unicidade. Até mesmo nos fenômenos puramente físicas podemos ver a dualidade como síntese de extremos – seco / molhado -> úmido; frio / quente -> tépido. Em ambos os casos, na verdade, não existem os extremos como entidades próprias. De fato, não há propriamente o seco ou o molhado, tampouco o frio ou o quente, mas tão-somente gradientes da umidade ou do calor. Portanto, cuida-se de um único fenômeno desdobrado em aspectos opostos na concepção humana do todo.
5. A Lei dos Ciclos
"Tudo tem fluxo e refluxo; tudo ,em suas marés; tudo sobe e desce; tudo se manifesta por oscilações compensadas; a medida do movimento à direita é a medida do movimento à esquerda; o ritmo é a compensação."

Os fenômenos de ocorrência sucessiva dobram-se em ciclos fechados. Cada evento pode ser considerado único, porém sempre dentro de um contexto maior em que compõe um todo cíclico, que o abarca. Consoante já visto com a Lei da Vibração, tudo é movimento; é de se acrescentar que o movimento caracteriza também o transcorrer dos fenômenos, em trajetórias fechadas como círculos. Mas não apenas círculos fechados; na verdade, são círculos que progridem, eles próprios, em sucessões, assim como espirais. Ainda mais: as espirais, a bem da verdade, são formadas, não por círculos sucessivos, mas sim por esferas. O ciclo básico não é apenas um seguir de entes intermediários em um plano só, como a ponta de um compasso no plano do papel; a ponta do compasso gira no espaço, sucedendo nos vários planos concêntricos, Daí a idéia mais apropriada de esferas que se sucedem.
Os fenômenos que transcorrem no tempo, portanto, podem variar bastante, dando a idéia de eventos aleatórios. No entanto, nada é aleatório no Universo. Mesmo que os ciclos seguissem uma trajetória de um único círculo fechado, seria difícil perceber-lhes o todo, quanto mais tratando-se de ciclos que variam segundo as várias dimensões do espaço. Não é possível ao observador perceber em que momento do fenômeno está.
Ilustremos com um exemplo bastante primário. As marés constituem um fenômeno sucessivo cujo ciclo o homem gaba-se de conhecer. Não obstante, o comportamento das marés vem mudando ao sabor de alterações climáticas. Não se trata de um elemento externo que está desvirtuando o ciclo das marés, como o homem tende a admitir. Não. Ocorre que o ciclo das marés comunga da sucessão de uma universalidade de outros ciclos concomitantes e concêntricos, todos interdependentes e, ao mesmo tempo, passíveis de observação individualizada (desde que se saiba o que, quando e onde observar). Relevante dizer que, no exemplo simplista com que se busca ilustrar, a modificação do clima tem um de seus elementos causais nos ciclos da evolução humana, ciclos esses que trazem um período de predominância de razões econômicas para a produção industrial sem preocupações ambientais.

6. A Lei da Causa e Efeito
"Toda a Causa tem seu Efeito, todo Efeito tem sua Causa; tudo acontece de acordo com a Lei; o Acaso é simplesmente um nome dado a uma Lei não reconhecida; há muitos planos de causalidade, porém nada escapa à Lei."

A Lei da Causa e Efeito é o corolário da Lei dos Ciclos. Os ciclos sucedem-se na Natureza, regendo os fenômenos físicos e espirituais (“Físico” e “Espiritual”, consoante a Lei da Polaridade, são aspectos de uma realidade única, diferenciada por gradação do espectro de freqüência). Assim como o ciclo evolutivo amolda um período de predominância de razões econômicas para a produção industrial sem preocupações ambientais, os ciclos climáticos, dentre outros, progridem na mesma batuta, acompanhando, momento a momento, o ciclo evolutivo e tudo o mais. Equivale a dizer que as alterações climáticas têm relação de causa e efeito com o excesso de poluentes lançados na atmosfera.
Observando o fenômeno do desenvolvimento da consciência humana, os atos e atitudes do ser geram conseqüências para si e para outrem. Tão-logo o ciclo do desenvolvimento consciencial atinja o estágio da compreensão do caráter lícito ou ilícito de um ato, inicia-se o ciclo da responsabilidade do homem por tudo o que faça ou deixe de fazer. É a partir desse ponto que nasce o conceito de carma, referido aqui como conseqüência do ato realizado por livre escolha.

7. A Lei do Gênero
"O Genero está em tudo; tudo tem o seu princípio masculino e o seu princípio feminino; o gênero se manifesta em todos os planos."
Além dos ciclos e das polaridades que informam os fenômenos universais, a Lei do Gênero rege a natureza mais íntima da mônada que o Criador põe a se desenvolver desde o cristal até a angelitude. Os Princípios Masculino e Feminino estão presentes em todos os planos existenciais e podem ser concebidos como um ciclo imenso em que a mônada se desdobra, se aperfeiçoa, evolui, propiciando sucessivos ciclos menores durante cada uma das fases, masculina e feminina. Características masculinas ou femininas são perceptíveis mesmo nos corpos sólidos, conforme predominem a força (princípio masculino) ou a beleza (princípio feminino).
Como em tudo o mais, a masculinidade e a feminilidade são ciclos que se sucedem em vários níveis progressivos, de modo que tudo se vai tocando das características de um e outro. Um cristal de diamante é de beleza conhecida, ao mesmo tempo em que exibe imensa dureza. A alma humana tende à assimilação da Beleza tanto quanto da Força, indo para mais adiante com ambos os princípios. Difere da simples polaridade porque o masculino e o feminino não são aspectos, em cada momento, de uma mesma natureza; só assim será depois da assimilação plena de ambos os princípios. Masculino e Feminino não têm relação de tese e antítese, não se extraindo síntese de sua unicidade. Masculino e Feminino são contextos amplos em que vibra mais particularmente um gênero do que outro, somente unitários nos planos mais elevados da consciência.


Aurélio Leite


Publicado no Recanto das Letras em 20/06/2008
Código do texto: T1043316


Retirado da Net com o fim de "chegar mais além" : Graças ao Site:


 


Não se esqueçam de fazer uma visita ao : LIVRO DE VISITAS


 


livro de visitas


 


Importante: Se algum de vocês for proprietário de alguns destes imagens, fotos, artigos, textos, etc. e não queira que sejam publicados neste site, fico agradecido que mo digam... retirarei imediatamente


Não se esqueçam de fazer uma visita e deixar um comentário/crítica positivo/a.


Agradecido


 OOOooOOO